Shirlan

O Shirlan é um fungicida à base de fluaziname para aplicação foliar contra o míldio da batateira (Phytophthora infestans).

Características técnicas:
Composição: 500g/L ou 38,8% (p/p) de fluaziname
Formulação: Suspensão concentrada (SC)
Autorização de venda n° 1303 concedida pela DGAV

Modo de ação: SHIRLAN é um fungicida de superfície, de largo espectro, possui atividade preventiva e efeito anti-esporulante, pois é capaz de inibir as várias fases do ciclo de vida dos fungos, incluindo a germinação de esporos e a formação de estruturas de infeção, impedindo que estes penetrem e que se desenvolvam na planta.

Recomendações de aplicação:

Cultura Doença Dose Épocas e condicões de aplicação Intervalo de segurança
Batateira Míldio (Phytophthora infestans) 300-400 ml/ha Iniciar os tratamentos de acordo com o Serviço Nacional de Avisos Agrícolas ou, na sua ausência, quando as condições climáticas forem favoráveis ao desenvolvimento da doença.
Os tratamentos deverão ser preventivos, ou seja, efetuados ao aparecimento dos primeiros sintomas. Após a 1ª contaminação deve manter a cultura protegida..
O produto confere uma proteção durante 7 a 10 dias, destinando-se os 7 dias ao período de maior crescimento ativo da planta.
Volume de calda recomendado: 200 -1000 L/ha
7 dias em batateira

Vantagens:
• Produto original descoberto e desenvolvido pela ISK
• Produto de referência na cultura da batateira
• Fungicida de largo espetro de ação
• Inibe a germinação dos esporos e com efeito anti-esporulante
• Proteção das folhas e dos tubérculos
• Muito resistente à lavagem após 2 horas da aplicação até 40 mm de chuva e da água da rega.
• Bom perfil para a fauxa auxiliar
• Ação “multi-site” sem resistências cruzadas com outros fungicidas
• Classificado pelo FRAC com fraco risco de resistências, como tal, um aliado importante na estratégia anti resistência
• Formulação líquida: produto fácil de aplicar
• Seletivo para a maioria das variedades de batateira
• Efeito secundário sobre outras doenças: Alternaria spp., Botrytis spp., Sclerotinia spp., Rhizoctonia spp., Fusarium spp. (Não autorizado em Portugal para estas doenças)
• Pode ser aplicado em todo o ciclo vegetativo da batateira, sem restrição ao número limite de tratamentos.