Milbeknock

ACARICIDA PODEROSO

Acaricida para o controlo de ácaros de origem natural, de ação translaminar, atua sobre todos os estádios dos ácaros, incluindo ovos pela inibição da postura, longa persistência de ação, e efeito de choque, respeita a fauna auxiliar e eficácia não afetada pela temperatura.

Acaricida para o controlo de ácaros em macieira, morangueiro, laranjeira, tangerineira, craveiro, roseira e uso menor para amora, framboesa e mirtilo.

MODO DE AÇÃO
O MILBEKNOCK® é um acaricida para aplicação foliar que atua por contacto e ingestão e possui uma forte ação translaminar.
O MILBEKNOCK® é composto por Milbemectina, uma substância ativa com forte atividade acaricida e com efeito inseticida. A milbemectina é uma substância natural obtida através da fermentação de um microorganismo do solo: o actomicete, Streptomyces hygroscopicus.
Tem ação sobre o sistema nervoso dos ácaros como agonista do receptor GABA (canais de cloro), provocando a sua paralisia com cessação da alimentação e consequente morte ao fim de 2-3 dias.
Atua diretamente sobre os ácaros quando é aplicado sobre eles, e indiretamente quando os ácaros se alimentam de folhas da cultura tratadas.
Controla todos os estádios de desenvolvimento dos ácaros nomeadamente, ovos, larvas e adultos.

RECOMENDAÇÕES DE APLICAÇÃO

CULTURA ALVO DOSE ÉPOCA E CONDIÇÕES DE APLICAÇÃO
Macieira Aranhiço-vermelho (Panonyichus ulmi) 1-1,5 L/ha Tratar no fim da floração (BBCH 69-85), no início da infestação logo após a eclosão dos ovos, efetuando no máximo 2 aplicações por ciclo vegetativo com um intervalo de 10 a 21 dias.

Volume de calda 1000 L/ha.

Morangueiro (ar livre e protegido) Aranhiço-amarelo e vermelho (Tetranychus urticae, Panonychus ulmi) 1,25 -1,5 L/ha Aplicar no início da infestação logo após a eclosão dos ovos, efetuando no máximo 2 aplicações por ciclo com intervalo mínimo de 15 dias.

Volume de calda 1000 L/ha.

Laranjeira e tangerineira Aranhiço-vermelho-dos-citrinos (Panonyichus citri); Aranhiço-amarelo (Tetranychus urticae); Mineira-dos-rebentos-dos-citrinos (Phyllocnistis citrella) 3 L/ha Aplicar no início da infestação, nos ácaros logo após a eclosão dos ovos; efetuando no máximo 2 aplicações por ciclo vegetativo com intervalo nimímo de 7 dias. Volume de calda 1000 a 2000 L/ha.
Craveiro e roseira (ar livre e protegido) Aranhiço-amarelo (Tetranychus urticae) 0,75 – 0,9 L/ha Aplicar no início da infestação, logo após a eclosão dos ovos, efetuando no máximo 2 aplicações por ciclo vegetativo, com um intervalo mínimo de 7 dias.

Volume de calda 600 L/ha.

Condições específicas à finalidade: Em estufa pode ser aplicado em pulverização com lança ou pistola na concentração de 0,1L/hl para um volume máximo de 1000 L/ha.

USOS MENORES

CULTURA

ALVO DOSE ÉPOCA E CONDIÇÕES DE APLICAÇÃO
Amora, framboesa e mirtilo (ar livre e protegido) Aranhiço-vermelho (Tetranychus urticae) 0,625 -1,2L/ha Aplicar até à floração (BBCH60), efetuando no máximo 2 aplicações, com um intervalo mínimo de 7 a 14 dias. Volume de calda 500 a 800 L/ha.

PERFIL DO PRODUTO
Nº AV: 0318 concedida pela DGAV.
Composição: 9,3 g/L ou 1% (p/p) de milbemectina.
Formulação: Concentrado por emulsão (EC).
Culturas: Macieira, morangueiro, laranjeira e tangerineira, craveiro e roseira, amora, framboesa e mirtilo.
Intervalo Segurança: 14 dias macieira, laranjeira e tangerineira, 1 dia morangueiro
Grupo químico: IRAC: 6 – Moduladores alostéricos de canais de cloro mediados pelo glutomato.
Classificação CLP:

Palavra-sinal (CLP): Perigo
Embalagens: 1 l, 10 l

A informação constante neste site não dispensa a leitura atenta do rótulo do produto.
Recomenda-se a consulta do site oficial da DGAV : https://sifito.dgav.pt/divulgacao/usos