Command CS

A escolha acertada para uma colheita de qualidade

O COMMAND CS é um herbicida residual e sistémico, indicado para o controlo de infestantes anuais em diversas culturas, residual e sistémico.

Herbicida residual e sistémico indicado para o controlo de infestantes anuais.

O COMMAND CS é um herbicida indicado para o controlo de infestantes anuais em diversas culturas, residual e sistémico, com translocação acrópeta no xilema. É absorvido pelas jovens raízes das adventícias, provocando a inibição da síntese dos carotenoides e clorofila, originando a sintomatologia típica de esbranquiçamento das partes verdes.

RECOMENDAÇÕES DE APLICAÇÃO

CULTURA ALVO DOSE ÉPOCA E CONDIÇÕES DE APLICAÇÃO
Batateira Infestantes anuais (monocotiledóneas e dicotiledóneas) 250 – 300 mL/ha Aplicar após a amontoa, sobre a cultura completamente coberta. Reduzir a dose para 200 ml/ha em solos ligeiros ou pobres em matéria orgânica, ou em variedades sensíveis, tais como Agata e Seglinde.
Cenoura 200 – 300 mL/ha Aplicar em pré-emergência da cultura. A profundidade de sementeira deve ser de pelo menos de 2 cm. Nas aplicações em cultura coberta com plástico ou não-tecido, reduzir a dose para 150 ml a 200 ml/ha, reduzindo simultaneamente a dose de produtos à base de pendimetalina aplicados na mesma época, para 500 g pendimetalina/ha em solos ligeiros e 750 g de pendimetalina/ha, nos terrenos mais estruturados.
Pimenteiro 400 – 600 mL/ha Aplicar logo após a transplantação. Pode-se optar por fazer um tratamento fracionado aplicando 300 a 400 ml/ha, logo após a transplantação e repetir o tratamento na dose de 300 a 400 ml/ha, ao reaparecimento de plântulas de infestantes (folhas cotiledonares).
Feijão-verde 200 – 300 mL/ha Aplicar em pré-emergência da cultura.
Ervilheira (incluindo ervilheira proteaginosa) 300 mL/ha Aplicar em pré-emergência da cultura. Reduzir a dose para 200 ml/ha em solos ligeiros ou pobres em materia orgânica.
Feijoeiro 300 mL/ha Aplicar em pré-emergência da cultura. Reduzir a dose para 200 ml/ha em solos ligeiros ou pobres em materia orgânica.
Faveira 300 mL/ha Aplicar em pré-emergência da cultura. Reduzir a dose para 200 ml/ha em solos ligeiros ou pobres em materia orgânica.
Aboborinha (transplatação) 400 – 500 mL/ha Aplicar antes da transplantação. Aplicar no máximo 650 ml/ha.
Aboborinha (sementeira direta) 300 – 500 mL/ha Aplicar imediatamente após a sementeira. Aplicar no máximo 650 ml/ha. | Aplicar em solo limpo de infestantes.
Aboborinha (cultura instalada) 300 – 400 mL/ha Aplicar com a cultura instalada (por sementeira direta ou transplantação), em tratamento generalizado ou na entrelinha.

Aplicar no máximo 650 ml/ha.

Funcho (transplatação) 300 – 350 mL/ha Aplicar antes da transplantação, em pré-emergência das infestantes.
Funcho (sementeira direta) 300 – 500 mL/ha Aplicar logo após a sementeira
Soja 300 – 400 mL/ha Aplicar em pré-emergência da cultura.
Milho 250 – 300 mL/ha Aplicar em pré-emergência da cultura e das infestantes. Aconselha-se a mistura de COMMAND 36 CS com produtos que complementem o seu espectro de ação.
Arroz (Aplicação em talhão não alagado) 0,7 – 1 L/ha Aplicar em pré-sementeira. Aplicação em talhão não alagado.

Na presença de Heterantera spp., deverá adicionar-se um herbicida à base de oxadiazão, na dose indicada no respetivo rótulo. | – Efetuar o tratamento com o solo bem nivelado. Após o tratamento proceder à inundação do talhão de forma lenta e gradual e manter a água fechada durante alguns dias. Semear 4 a 5 dias depois do tratamento.

Arroz (Aplicação em talhão alagado). 0,7 – 1 L/ha Aplicar em pré-sementeira. Aplicação em talhão alagado.

Na presença de Heterantera spp., deverá adicionar-se um herbicida à base de oxadiazão, na dose indicada no respetivo rótulo. Efetuar o tratamento e não movimentar a água durante alguns dias. Semear 4 a 5 dias depois do tratamento.

Arroz (Sementeira a seco). 700 mL/ha Aplicar em pré-emergência da cultura e das infestantes. Sementeira a seco.

Utilizar o produto preferencialmente nas sementeiras precoces de fim de março-abril. Nas sementeiras tardias de maio, logo após o tratamento herbicida é indispensável fornecer uma quantidade mínima de água para humedecer uniformemente os primeiros centímetros de solo.

Arroz (Pós-emergência precoce da cultura). 500 – 700 mL/ha Pós-emergência precoce da cultura (entre 1 a 2 folhas verdadeiras). Efetuar o tratamento em arrozais drenados, em mistura com um produto de absorção foliar que possua ação contra milhã-pé-de-galo e milho-miúdo, a fim de utilizar a sua atividade residual sobre estas infestantes não emergidas.
Tabaco 500 mL/ha Aplicar em solo húmido após a transplantação da cultura (de 2 a 3 dias) na linha da cultura e antes das infestantes emergirem.

Número máximo de tratamentos por ciclo cultural: 2 para as culturas do pimenteiro e aboborinha, 1 para as restantes culturas. Volumes de calda recomendados: 300 a 800 l/ha.

PERFIL DO PRODUTO
Nº AV: 0940 concedida pela DGAV
Composição: 360 g/L ou 30,74 % (p/p) de clomazona  
Formulação: Suspensão de cápsulas (CS)
Grupo químico: Grupo HRAC: F4
Intervalo Segurança: 60 dias para batateira e cenoura, 40 dias para aboborinha
Classificação (CLP): Nenhum
Palavra-sinal (CLP): Nenhum
Embalagens: 1 L

A informação constante neste site não dispensa a leitura atenta do rótulo do produto.
Recomenda-se a consulta do site oficial da DGAV : https://sifito.dgav.pt/divulgacao/usos