A solução para o controlo dos Afídeos da Ameixeira: TEPPEKI

A solução para o controlo dos Afídeos da Ameixeira:
TEPPEKI

A Belchim Crop Protection reforça a sua oferta de soluções para os fruticultores Nacionais, com o uso menor concedido ao COTHN para o controle dos afideos

Os afídeos são uma praga que causa elevados prejuízos aos produtores de ameixa. Desde dezembro 2018 que em Portugal é proíbido aplicar neonicotinóides, que eram uma das principais soluções utilizadas até agora para os afídeos. Os fruticultores deparam-se com crescente dificuldade para responderem às necesidades de utilizarem soluções eficazes e pouco tóxicas e que se enquadrarem numa estratégia anti resistência no controle dos afídeos, e ainda o perfil para os auxiliares e polinizadores é determinate

TEPPEKI – A alternativa que faltava para o controle dos afídeos, eficaz persistente e com um perfil único!

TEPPEKI é um insecticida sistémico que atua por contacto e ingestão sobre as formas móveis dos Afídeos.Teppeki é um produto á base de flonicamida que uma vez ingerida ou absorvida, faz com que o insecto cesse imediatamente a alimentação, morrendo 3 a 5 dias após aplicação. O Teppeki penetra rapidamente na planta, e possui uma sistemia acroptal e tem actividade translaminar, o que contribuiu para a sua excelente eficacia e persistência de acção de 2 a 3 semanas.

Ao contrario da maioria dos insecticidas no mercado o TEPPEKI tem um perfil muito favorável para o Homem e meio ambiente, não possuindo classificação toxicológica. O Teppeki é um dos únicos aficidas (de acordo com a OILB – Organização Internacional de Luta Biológica) que é inocuo ou pouco tóxico para a maioria dos insectos auxiliares . O seu perfil para polinizadores é distinto de qualquer insecticida, e fazem do Teppeki um dos poucos insecticidas que não são toxicos para abelhas. O  Teppeki  possui  um  modo  de  ação  único  (pertence  grupo  29  do  IRAC)  distinto de todos  os  outros  insecticidas,  no  mercado, cruzadas  conhecidas,

o  que  faz  do  TEPPEKI  um  instrumento  fundamental  para  uma  estratégia  racional sem resistências de prevenção de aparecimento de resistências.

Dose aplicação : 120-140 g/ha -aplicar ao inicio da infestação, e repetir se necessário uma vez