MILBEKNOCK

ORIGEM NATURAL

Milbemectina, a substância ativa do Milbeknock, é uma substância de origem natural obtida a partir da fermentação de um micro-organismo presente no solo (Streptomyces hygroscopicus).

 

CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO

Composição: 9,3 g/L milbemectina
Formulação: Concentrado para emulsão (EC)
Grupo químico: milbemicina
IRAC grupo: 6 – Moduladores alostéricos do canal de cloro dependente de glutamato.
Usos: acaricida para macieira, laranjeira, tangerineira, morangueiro, cravo e rosa.
Usos menores: acaricida para amora, framboesa e mirtilo
Autorização de venda: nº 0318 concedida pela DGAV

 

MODO DE AÇÃO

O MILBEKNOCK® é um acaricida à base de milbemectina para aplicação foliar que atua por contacto e ingestão e possui uma forte ação translaminar.

Tem ação sobre o sistema nervoso dos ácaros como agonista do receptor GABA (canais de cloro). Não é sistémico, mas apresenta movimento translaminar, devendo ser uniformemente distribuído sobre as plantas.

Controla todos os estádios de desenvolvimento dos ácaros nomeadamente, ovos, larvas e adultos.

Atua sobre o sistema nervoso dos ácaros, provocando a sua paralisia com cessação da alimentação e consequente morte ao fim de 2-3 dias.

 

CULTURAS AUTORIZADAS

Morangueiro

Praga

Concentração

Dose

Épocas e condições de aplicação

Aranhiço amarelo

(Tetranychus urticae)

 

125 - 150 ml/ha

1,25 - 1,5 L/ha

Aplicar no início da infestação logo após a eclosão dos ovos,

efetuando no máximo 2 aplicações por ciclo com

intervalo mínimo de 15 dias.

 

Volume de calda: 1000L/ha

Intervalo de segurança: 1 dia

 

Macieira

Praga

Concentração

Dose

Épocas e condições de aplicação

Aranhiço vermelho

(Panonyichus ulmi)

100 - 150 ml/ha

1 – 1,5 L/ha

Tratar no fim da floração (BBCH 69-85), no início da

infestação logo após a

eclosão dos ovos, efetuando no máximo 2 aplicações por

ciclo vegetativo com um intervalo de 10 a 21 dias.

 

Volume de calda: 1000L/ha

Intervalo de segurança: 14 dias

 

Ornamentais: cravo e rosa

Praga

Concentração

Dose

Épocas e condições de aplicação

Aranhiço amarelo

(Tetranychus urticae)

125 - 150 ml/hl

0,75 - 0,9 L/ha

Aplicar no início da infestação,

logo após a eclosão dos ovos,

efetuando no máximo 2

aplicações por ciclo vegetativo, com um

intervalo mínimo de 7 dias.

 

Volume de calda: 600L/ha

Condições especificas à

Finalidade: Em estufa pode ser

aplicado em pulverização com lança ou pistola na

concentração de 0,1L/hl para um volume máximo de

1000 L/ha.

 

Intervalo de segurança: não tem

 

Laranjeira e tangerineira

Praga

Concentaração

Dose

Épocas e condições de aplicação

Aranhiço-vermelho

(Panonyichus citri); Aranhiço-amarelo

(Tetranychus

urticae);

Mineiradas-folhas –dos-

rebentos-dos-citrinos

(Phyllocnistis citrella)

150 ml/hl

3 l/ha

Aplicar no início da infestação dos ácaros logo após a eclosão dos ovos; efetuando no máximo 1 aplicações por ciclo vegetativo.

 

Volume de calda: 1000 a 2000 L/ha      

Intervalo de segurança: 14 dias

 

Usos menores: Framboesa, mirtilo, amora

Praga

Concentaração

Dose

Épocas e condições de aplicação

Aranhiço-vermelho

(Tetranychus urticae)

125-150 ml/hl

0,625-1,2L/ha

Aplicar até à floração (BBCH60). E fetuando no máximo 2 aplicações por ciclo vegetativo, com um intervalo mínimo de 7 a 14 dias.

 

Volume de calda: 500 a 800 L/ha

Intervalo de segurança: não tem

 

VANTAGENS

- ORIGEM NATURAL
- FORTE AÇÃO TRANSLAMINAR
- INIBIÇÃO DA POSTURA
- ATUA SOBRE TODOS OS ESTÁDIOS DOS ÁCAROS, incluindo ovos
- LONGA PERSISTÊNCIA DE AÇÃO
- RESPEITA A FAUNA AUXILIAR
- POSSUI ABSORÇÃO RÁPIDA
- NÃO NECESSITA DE ÓLEO PARAFÍNICO (de verão)
- EFICÁCIA NÃO AFETADA PELA TEMPERATURA
- NÃO É VOLÁTIL
- É BIODEGRADÁVEL


Ação secundária sobre: afídeos, alguns lepidópteros (caloptilia theivora e spodoptera litura), larva mineira, cicadela e mosca branca

 

Designed by Pedro
Scroll to Top